22 janeiro 2016

O 1º trabalho do ano - A écharpe verde

No dia que cheguei à aldeia choveu toda a noite e no dia seguinte ininterruptamente, o tempo não estava agradável para grandes caminhadas ou passeios por isso aproveitei para tricotar a écharpe verde ao pé do fogão de lenha.

Foi a primeira vez que fiz ponto ajur, nada fácil de tricotar, exige concentração máxima para não haver enganos, por vezes avançava bastante mas logo descobria uma laçada a menos ou outra fora do sítio, desmanchei várias (muitas vezes), uma delas uns quinze centímetros, valeu a persistência, as linhas de segurança, a vontade de criar! 

Ouvi dizer algumas vezes: -Vais desmanchar outra vez? Senti a falta de paciência de quem não tricota... só por me verem fazer e desmanchar algo tão delicado, que só faz sentido se ficar perfeito!!!

Descrição da Peça: 

Fio antigo com 30 anos em acrílico e angoril
3 novelos de 50gr 
Agulha de tricot 3,5 mm
dimensões: 40 cm x 180 cm
Tempo de execução: 16 dias
valor gasto: 1,5€ (um euro e cinquenta cêntimos)











21 comentários:

  1. Estava à espera de ver essa obra de arte. Ficou linda!!!!
    Também estou a fazer uma écharpe mas ainda não me aventurei nestes pontos de tricot.
    De certeza que já está na forja outro trabalho.
    Começou muito bem o ano...passeio, descanso e uma peça lindíssima. Continue amiga Fátima.
    Bom fim de semana
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi que a amiga começou uma écharpe em croché num fio delicado, vai crescer rápido e vai ficar linda com certeza! Nunca são demais estes agasalhos para o Inverno, temos que fazer de várias cores para combinar com a roupa rsrsrsrrs.
      Bons fim de semana!
      Bjinhos

      Eliminar
  2. Excelente ! Gosto de tudo mas a opção do bordo em 'serra' deu o toque decorativo e 'firmeza' à peça ;o) Como sempre e mais uma vez: Muitos parabéns Fátima ;o)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Susana! Sim, lembrei-me de fazer este acabamento para dar alguma firmeza e graça à peça, porque o padrão não tinha pontas.
      Bons tricots!!!
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Fátima, ficou tão bonita!!! Gosto de tudo. Do ponto, do verde e do modelo. Ajour não é fácil, não. Fiz muito mas muito tricot, há uns valentes anos, e adorava fazer ajour mas efectivamente é necessária uma concentração muito grande, como dizes, uma laçada a menos ou fora do sítio e... já era!
    A tua echarpe está fabulástica ;)
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Ana é mesmo um trabalho de paciência, escolhi este padrão mais fácil para começar, nunca tinha feito mas adoro os trabalhos feitos com estes rendados maravilhosos, especialmente os xailes. Alguns são verdadeiras obras de arte!
      Bom fim de semana

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Esse é o primeiro do ano, imagina o que virá até o fim de 2016...
    Trabalhos maravilhosos com certeza.
    Bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comecei com um verde esperança, rsrssrr, é um vício o tricot e o croché... como costumo dizer: é um vício saudável!
      Bjs

      Eliminar
  5. Mas valeu a pena tanto faz e desfaz, está espetacular!!
    Quem me dera conseguir fazer os trabalhos que faz, mas o pouco que faço é à noite, quando a concentração já é pouca para quem também não tem grande competência com as agulhas.
    Um beijinho e muito obrigada por continuar a mostrar tão belos trabalhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso fiz e desmanchei e continuei a fazer, também há casos em que desmancho e já não lhe toco mais. Estes trabalhos são daqueles que não dá para fazer em grupo, a conversar ou a ver tv rsrsrsr. requer tempo e paciência. Neste caso tive dificuldade em tricotar à noite porque a cor é escura. Há dias em que só faço à noite depois do jantar.

      Votos de um excelente fim de semana!

      Bjinhos

      Eliminar
  6. Ficou muito lindo ,eu aprecio as pessoas que saibam fazer malha pois eu nunca tive muito jeito em tempos tentei aprender croché não consegui grande coisa , ponto cuz a mesma coisa e a malha nunca me aventurei. Gostei !.... bjinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade estes trabalhos manuais no inicio parecem ser muito difíceis, é como tudo... ninguém nasce ensinado. Se gosta não desista!!!
      Bjs

      Eliminar
  7. Que Linda que ficou a tua echarpe.
    Muitos parabéns.
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá ;árcia, fico grata com sua visita e comentário simpático!
      Bjs

      Eliminar
  8. Respostas
    1. A cor é uma cor "antiga" no entanto usa-se sempre... O verde garrafa.
      Bom fim de semana!
      Bjinhos

      Eliminar
  9. Que charpe linda Fátima :)
    Belo trabalho para início do ano ;)

    ResponderEliminar