01 dezembro 2018

Xailes "Vice-Versa"



Objectivo cumprido, consegui tricotar o xaile Vice-Versa! O modelo como referi anteriormente é da autoria da designer portuguesa Vera Augusto, foi desenhado para o Projecto Utopia, é gratuito e está disponível no ravelry com instruções em português e inglês. Demorei cerca de um mês a tricotar estes xailes 😅 o modelo é fantástico!

À primeira vista parece mais difícil do que é, depois de conseguir fazer... tudo parece ser mais simples, requer concentração máxima desde a  primeira até à última carreira! Para quem quiser praticar pontos rendados será um grande desafio.

O fio yorkshire da bc Garn dá-lhe um aspecto rústico, 100% lã de ovelha, é surpreendentemente macio, não tão macio como o alpaca.

Estou com o dilema... qual deles fica para mim?😍 O lima é mais alegre um tom mais jovem, o cinza é mais sóbrio dá para combinar com mais cores na hora de usar. Deixo as imagens possíveis tiradas sem sair de casa. 

25 novembro 2018

Um dia em Lisboa


Estive na parte da manhã na Praça Luís de Camões perto do Chiado, depois fomos passear de eléctrico pela cidade até ao Terreiro do Passo, fomos para Belém, uns cafés acompanhados de meia dúzia de pasteis, demos um passeio pelos jardins, subimos ao Padrão dos Descobrimentos para ver as vistas, voltamos para a mesma zona de partida, ao Largo Luís de Camões; sem saber que dois quarteirões mais à frente fica a Retrosaria Rosa Pomar, na Rua do Loreto, 61 no 1º andar 😀, visita obrigatória! 

Quando decidimos dormir duas noites em Lisboa pensei que podia aproveitar a oportunidade para visitar a loja, há anos que sou cliente sem nunca ter visitado fisicamente a loja, foi desta! Grata Rosa Pomar pela simpatia, adorei visitar a loja! Impossível  foi, sair de mãos vazias 😀!!!

23 novembro 2018

Mini férias

Há males que vêm por bem! No dia anterior à partida de Faro para Barcelona ficamos a saber que o voo havia sido cancelado, há cerca de um mês sem aviso, alteramos os planos em vez de partirmos de Faro, partimos de Lisboa. 

O dia de sábado foi-se na viagem, chegamos a Barcelona à hora do jantar. Jantamos bem depois fomos passear na Rambla, não achei nada de especial nesta avenida, gostei mais do bairro Gótico e da cidade Velha, das praças, das esplanadas, da arquitectura, de Gaudí, dos artistas de rua, das lojas, gostei do mercado da Boqueria, da gastronomia, da paella catalana😉.

Domingo na parte da manhã foi dia de Barcelona Knits Festival no CREC,  o resto do dia e nos dois dias seguintes andamos à descoberta dos encantos de Barcelona 😁. No regresso passamos mais dois dias, um em Lisboa e outro em Sintra.

Hoje deixo-vos algumas imagens de Barcelona, depois falarei de Lisboa.

Barcelona Knits Festival

Barcelona Knits Festival foi o pretexto para umas mini-férias de seis dias, quatro em Barcelona e dois em Lisboa, no regresso. Adorei a experiência, ver tantos fios, tantas cores, tantas tricotadeiras de tantos países que partilham o mesmo gosto, a loucura pelo tricot, pelos fios e pelas agulhas!!!

Fiz algumas compras mas, o ponto alto do Barcelona knits sem dúvida foi cumprimentar alguns designers: Saí da minha zona de conforto...  cumprimentei e falei (na rua depois de sair do evento) um pouco com Isabell Kraemer, foi uma emoção muito grande! 😍 






11 novembro 2018

Meias com Tons - modelo básico em tricot



Após várias solicitações, finalmente editei o PDf com as instruções do modelo básico que costumo tricotar 😁, com o cós canelado 2 x 2, a perna em meia, o calcanhar reforçado, a biqueira com diminuições laterais e a biqueira cerzida. 

"Meias com Tons"  é um modelo versátil, pode ser feito com uma perna alta ou curta, o cós também, mais uma volta, menos uma volta... nas meias mais curtas faço o cós mais pequeno, as de perna alta faço com umas vinte cinco voltas. Os tons são os que a tricotadeira escolher!

modelo gratuito disponível no ravelry : 

31 outubro 2018

WIP`s - Os Xailes "Vice-Versa"

Confesso que não resisti à tentação do Xaile Vice-Versa da Vera Augusto! O modelo foi apresentado no lançamento do Projecto Utopia; no sábado passado a designer orientou o workshop do mesmo na Retrosaria Novelos e Novelinhos, no qual tive a oportunidade de participar. 

É um xaile em tricot com uma forma semicircular, lindo de morrer 😁! 

No sábado passei horas da vida a dar às agulhas para tentar decifrar as primeiras carreiras, uff 😂 já tinha a cabeça à roda... sabia que o modelo "não era pêra doce", então que fazer?

Assisti ao workshop para saber mais sobre o modelo, dicas de construção, nunca sabemos tudo, estamos sempre a aprender! Depois de vários começos sem sucesso, não desisti e no dia seguinte com calma, em silêncio e sozinha peguei nas agulhas e no fio, comecei de novo o xaile, cheguei à carreira oitava e enguiçou, novo começo com outro fio, (porque de tanto fazer e desmanchar com o fio da BC Garn já estava a feltrar); desta vez comecei com o fia alpaca da Drops na cor lima.

Optei por seguir as instruções escritas em inglês para tricotar as carreiras do direito e os gráficos para tricotar as carreiras do avesso, como habitualmente criei algumas ajudas pintando o gráfico para distinguir melhor os pontos a tricotar. Outra coisa importantíssima é antes de começar o trabalho "estudar" as instruções, ver os pontos necessários para executar o trabalho, porque se não souber fazer os pontos, não vai conseguir tricotar o xaile. 

Depois é dar às agulhas e concentração, muuiiita concentração e não desistir! Ultrapassei a fase do stress do início agora como a designer disse: "O mais complicado é o início"depois é fácil porque o motivo começa a ganhar forma, torna-se bastante intuitivo tricotar este esquema está a ser um bom desafio!

23 outubro 2018

Férias (Imagens soltas)


Estou em modo férias das férias 😁, só hoje desfiz as malas da Madeira, onde passei seis dias e da Beira Alta onde estive catorze!

Sabe bem mudar de rotina, passear, rever familiares e amigos e depois voltar ao conforto do lar, ao nosso ninho 😀!

Deixo-vos alguma imagens soltas das férias na Ilha da Madeira, tanto que vi... tanto que revi e outro tanto ficou para ver... talvez um dia!

 Funchal

Um mês depois...

Faz hoje precisamente um mês que publiquei o último post 👌, para partilhar convosco tenho o meu último e único trabalho que consegui tricotar: Um par de meias! 

Foram começadas no Algarve com cinco agulhas, levei-as comigo para tricotar nas férias à Ilha da Madeira, consegui tricotar a primeira meia até ao calcanhar durante as viagens de ida e volta no avião, depois acabei o par durante a estadia na Beira Alta.

Um par de meias em vinte dias 😰... 

Já tinha estado na Madeira numa passagem de ano, esta foi a minha segunda vez na Ilha... algumas imagens das férias nos próximos posts, prometo!!! 😁

23 setembro 2018

Meias com Tons

O Outono já chegou, é tempo de dar às agulhas para tricotar novos projectos para usar no próximo Inverno! 

Estes dois pares de meias foram encomenda de uma amiga / cliente (daquelas que valorizam o meu trabalho) não discute preço... porque sabe que vai a pagar um valor simbólico pela peça, enfim fico sem palavras e sem cara para recusar!😏 

Demorei dez dias cada par. Tricotar com este calor😓 não é muito apetecível mas, como eu queria terminar antes do final do mês para  conseguir entregar as meias em mãos em Outubro, tive que dar corda às agulhas!

Ambos os pares foram tricotados com fios Regia para meias, o modelo básico é o "meu" com perna alta com canelado 2 x 2, calcanhar reforçado, biqueira com diminuições laterais, cerzida. 


28 agosto 2018

Camisola "Granito" by Joji Locatelli


Terminei ontem a camisola "Granito", demorei um mês e meio a fazer este trabalho. Até aos bolsos foi monótono, depois comecei a ganhar mais entusiasmo, apesar do calor tricotava todos os dias umas voltinhas, o trabalho foi ganhando forma e cá está ela 😁!

Usei o fio Fashion Pieces Jaspé da Schachenmayr com espessura DK na cor 398, os novelos pesam apenas 30 gr com 102 mts.,  gastei 370 gr  para tricotar a camisola com tamanho M, agulhas de tricot de 3,5 mm e de 3 mm.

No inicio tive alguma dificuldade em tricotar com este fio devido à sua textura,  não é torcido é um fio de corrente tem 58% de viscose, 34% de lã e 8% de nylon,  com mix de tons cinza. O tamanho ficou generoso, o modelo é larguito no corpo com as mangas mais justas, após a lavagem as mangas ficaram mais compridas do que eu desejava mas, não é nada que não consiga resolver. Entretanto vou deixar como está até vestir, porque também não gosto das mangas curtas e depois decido o que fazer 😉.

Adorei o resultado, o modelo é muito confortável,  resultou com este fio que é leve e quente. 


 






15 agosto 2018

WIP - Camisola "Granito"

Há um mês que comecei este projecto 😇 tem crescido a passo de caracol! É a camisola "Granito" um modelo da Joji Locatelli, trabalhado em top down , a construção parece mais simples do que é, uma camisola jovem, linhas direitas com bolsos.

Primeiro comprei o fio sem saber o que ia tricotar com ele, depois quando vi este modelo achei que seria uma boa escolha! 

Tem estado muito calor não me tem apetecido tricotar, finalmente cheguei à parte mais interessante da camisola (aos bolsos), o corpo foi muito monótono de se fazer, é liso apenas com duas nervuras à frente e duas atrás, vamos ver se não demoro mais um mês para terminar! 😀
mais detalhes do projecto no ravelry.

31 julho 2018

Notícias do Jardim

No último post das notícias do jardim mostrei-vos as plantas de Girassol que semeei no meio de Junho e os Cosmos, hoje fui presenteada com a primeira flor de girassol! 

Ontem o botão ainda estava fechado... quase todos os dias dou um passeio pelo jardim para ver como estão os canteiros e porque gosto de ver as novidades :) nota-se de dia para dia o crescimento das plantas, surgem novas flores, se tiverem as condições ideais as flores crescem a olhos vistos! 

Os Cosmos são lindos, adoro! Esta foi a minha primeira sementeira com sucesso aqui no jardim, para o ano na Primavera vou "tentar novamente a sorte" noutros canteiros. Está muito calor, a rega é essencial, estas plantas de época mais do que as outras precisam bastante de água todos os dias.

As imagens que se seguem são do canteiro antes e depois da sementeira e plantação de outras plantas.

12 julho 2018

O Ki Mono já saiu das agulhas!

Terminei o casaco modelo Ki Mono em tricot da designer Katrin Schneider, estava a precisar dum casaco maior, mais largo e quente para o Inverno. 

Para testar o fio Gilliatt De Rerum Natura (a mesma marca dos fios que usei nas últimas duas camisolas que tricotei), escolhi este modelo que foi criado especificamente para este fio. 

Estou habituada a trabalhar com fios mais finos, tive alguma dificuldade com a tensão do ponto, como já tinha referido no último post, o Gilliatt não me desiludiu! Melhorou muito com a lavagem, o tecido ficou mais uniforme e direitinho.

Adorei construir os bolsos, estava curiosa para desvendar como se faz, foi fácil... a partir daí dei corda às agulhas até terminar o trabalho! EStá bem conseguido este modelo, é um casaco muito confortável, macio,  quente e dispensa o uso de cachecois e luvas 😁.

Estava indecisa com a escolha dos botões, na hora de coser decidi pelas folhinhas, sou de ideias fixas... já tinha andado a namorar estes botões antes de tricotar o casaco!

O casaco ficou com o tamanho ideal, estou contente com o resultado final; valeu a pena investir neste projecto com este fio!

Fotos só mesmo no manequim e na varanda, está muito calor!!! 😅


07 julho 2018

WIP - Ki Mono

Comecei há cerca de duas semanas um novo projecto, o Ki Mono é um casaco criado pela designer Katrin Schneider estou a usar o fio aconselhado o Gilliatt De Rerum Natura (100% merino). 

Queria aprender a fazer casacos com casas para botões e bolsos, há várias maneiras de se fazer, este pareceu-me ser mais simples, para já está a correr bem!

Apesar de ter feito amostra com agulhas de 4 mm, depois da gola decidi tricotar com agulhas de 4,5 mm para o tecido não ficar muito rijo, tenho tido alguma dificuldade com a tensão do fio, quando relaxo um pouco formam-se riscas, 😐 espero que depois de lavar o casaco desapareçam ou fiquem disfarçadas.

É um modelo top down, construído em carreiras de idas e voltas, com raglan, carreiras encurtadas, faixa para botões e bolsos. O tamanho é o 36, comprei sete novelos de fio espero que seja suficiente. 

O corpo é um bocado monótono de se fazer porque é liso e enorme 😁 a parte da frente vai ficar sobreposta, estou a chegar à parte mais interessante do projecto, ao forro dos bolsos!




29 junho 2018

10 Anos!

Hoje comemoramos dez anos, ena tantos! 😀


Tem sido uma viagem longa, contudo... não estou cansada! 😀Uma experiência enriquecedora, uma aprendizagem ao longo do tempo, comecei em 2008 sem expectativas, sem planos, cheguei até aqui não sei como!

Pois é, descobri que à distância de um click temos acesso a coisas maravilhosas, ao conhecimento partilhado por milhares de pessoas, posso aprender, inspirar-me,  tenho acesso ao mundo!

Fiz amizades, conheci pessoas bonitas, outras nem tanto, tal como na "vida real" identifico-me mais com umas pessoas do que com outras. Continuo a seguir o meu modo de fazer, o meu estilo partilhando os meus trabalhos, sem segredos, 😉 não me limito a "despejar" os trabalhos sem falar dos materiais que usei, tento sempre que possível, partilhar alguma informação sobre os projecto para que de alguma forma sirva de dica, caso alguém esteja interessado em fazer o mesmo modelo ou semelhante, sei que na hora de fazer um trabalho todas as informações são preciosas!

Passei por fases com técnicas diferentes 😁, (ponto cruz, meio ponto, crochet, os tapetes em trapilho, os tapetes em crochet com lã de Arraiolos, as mantas, o tingimento de lã com produtos naturais e voltei ao inicio... ao tricot; em miúda foi a primeira técnica que aprendi com a minha mãe, a culpa disto tudo é dela e da minha avó materna, que também gostava de artes manuais 😊!

Quando me ausento por uns dias não costumo justificar-me 😇 porque acho que não devo, o blog não é uma obrigação é um hobbie. Se não tiver nada para partilhar mais vale estar "calada", este não é o meu muro de lamentações, quem lê vê o melhor de mim. Nos últimos tempos interajo mais através da página do face do que aqui, o que é normal!

Mais... a minha vida não gira à volta do blogue mas este faz parte dela, (é uma frase feita) estou mais rica 😀 não monetariamente.

Grata por continuares desse lado a seguir! 

Beijos e abraços

💚🐑💛💜🌱💙💛🍨💜💙☕💚💚🍹💚💜🎂💜💚🌷💙💛🐾💙💚🎉💛💙💚💗💜💛💙 🍓💚💛🍨💜💙💛🍬🍸🎂💙💛🐑💚💛💜🐶


21 junho 2018

Notícias do jardim

Hoje chegou o Verão depois de uma noite de trovoada com alguma chuva, fora de tempo é certo mas, as plantas gostam desta rega 😉 sem químicos! 

Há cinco semanas que não vos dou notícias do jardim, está a ficar composto, neste momento as hortênsias são as rainhas! A cor tem intensificado, apliquei duas vezes o sulfato de alumínio para esse efeito, gosto de as ver com estes contrastes de cores na mesma planta, é uma das minhas plantas favoritas!

A primeira imagem é da minha varanda, não resisti ao encanto da alfazema e da gipsófila rosa, numa visita que fiz ao Natura Garden Center - Estrada de Vale do Lobo em Almancil, uma tentação... é impossível sair de mãos vazias😀! 
Os meus amores continuam a florir, plantei-os nesta floreira há sete meses. É a primeira vez que tenho amores perfeitos, são mais resistentes do que imaginei, vamos ver se suportam o calor do verão, água não pode faltar!

19 junho 2018

"Meyas"

 Olá! Apesar do calor dos últimos dias, consegui tricotar este par de meias! 

Quando comecei a primeira meia demorei a habituar-me à espessura do fio e à espessura das agulhas, os últimos trabalhos que fiz foram com agulhas mais grossas; deixava cair malhas,  tive dificuldade na tensão do fio e pensava: Como é que eu tricotei tanto par de meias? É preciso ter uma boa dose de paciência e vontade de fazer... porque não é fácil 😁

Usei o fio Régia 4-fädig Mosaik Color que a minha amiga A. me ofereceu no Natal, foi adquirido em Londres. O fio Régia é dos meus favoritos para tricotar meias e este é muito giro com estes tons alegres, adorei o resultado!!! Para contrastar no calcanhar e na biqueira usei um fio liso.

O calcanhar segui as instruções do modelo "Meyas" criado pela Fabi (modelo gratuito disponível no ravelry).   

"Meias nunca são demais e estas são especiais!"

mais detalhes aqui: