12 julho 2018

O Ki Mono já saiu das agulhas!

Terminei o casaco modelo Ki Mono em tricot da designer Katrin Schneider, estava a precisar dum casaco maior, mais largo e quente para o Inverno. 

Para testar o fio Gilliatt De Rerum Natura (a mesma marca dos fios que usei nas últimas duas camisolas que tricotei), escolhi este modelo que foi criado especificamente para este fio. 

Estou habituada a trabalhar com fios mais finos, tive alguma dificuldade com a tensão do ponto, como já tinha referido no último post, o Gilliatt não me desiludiu! Melhorou muito com a lavagem, o tecido ficou mais uniforme e direitinho.

Adorei construir os bolsos, estava curiosa para desvendar como se faz, foi fácil... a partir daí dei corda às agulhas até terminar o trabalho! EStá bem conseguido este modelo, é um casaco muito confortável, macio,  quente e dispensa o uso de cachecois e luvas 😁.

Estava indecisa com a escolha dos botões, na hora de coser decidi pelas folhinhas, sou de ideias fixas... já tinha andado a namorar estes botões antes de tricotar o casaco!

O casaco ficou com o tamanho ideal, estou contente com o resultado final; valeu a pena investir neste projecto com este fio!

Fotos só mesmo no manequim e na varanda, está muito calor!!! 😅












Mais detalhes no ravelry

07 julho 2018

WIP - Ki Mono

Comecei há cerca de duas semanas um novo projecto, o Ki Mono é um casaco criado pela designer Katrin Schneider estou a usar o fio aconselhado o Gilliatt De Rerum Natura (100% merino). 

Queria aprender a fazer casacos com casas para botões e bolsos, há várias maneiras de se fazer, este pareceu-me ser mais simples, para já está a correr bem!

Apesar de ter feito amostra com agulhas de 4 mm, depois da gola decidi tricotar com agulhas de 4,5 mm para o tecido não ficar muito rijo, tenho tido alguma dificuldade com a tensão do fio, quando relaxo um pouco formam-se riscas, 😐 espero que depois de lavar o casaco desapareçam ou fiquem disfarçadas.

É um modelo top down, construído em carreiras de idas e voltas, com raglan, carreiras encurtadas, faixa para botões e bolsos. O tamanho é o 36, comprei sete novelos de fio espero que seja suficiente. 

O corpo é um bocado monótono de se fazer porque é liso e enorme 😁 a parte da frente vai ficar sobreposta, estou a chegar à parte mais interessante do projecto, ao forro dos bolsos!










29 junho 2018

10 Anos!

Hoje comemoramos dez anos, ena tantos! 😀


Tem sido uma viagem longa, contudo... não estou cansada! 😀Uma experiência enriquecedora, uma aprendizagem ao longo do tempo, comecei em 2008 sem expectativas, sem planos, cheguei até aqui não sei como!

Pois é, descobri que à distância de um click temos acesso a coisas maravilhosas, ao conhecimento partilhado por milhares de pessoas, posso aprender, inspirar-me,  tenho acesso ao mundo!

Fiz amizades, conheci pessoas bonitas, outras nem tanto, tal como na "vida real" identifico-me mais com umas pessoas do que com outras. Continuo a seguir o meu modo de fazer, o meu estilo partilhando os meus trabalhos, sem segredos, 😉 não me limito a "despejar" os trabalhos sem falar dos materiais que usei, tento sempre que possível, partilhar alguma informação sobre os projecto para que de alguma forma sirva de dica, caso alguém esteja interessado em fazer o mesmo modelo ou semelhante, sei que na hora de fazer um trabalho todas as informações são preciosas!

Passei por fases com técnicas diferentes 😁, (ponto cruz, meio ponto, crochet, os tapetes em trapilho, os tapetes em crochet com lã de Arraiolos, as mantas, o tingimento de lã com produtos naturais e voltei ao inicio... ao tricot; em miúda foi a primeira técnica que aprendi com a minha mãe, a culpa disto tudo é dela e da minha avó materna, que também gostava de artes manuais 😊!

Quando me ausento por uns dias não costumo justificar-me 😇 porque acho que não devo, o blog não é uma obrigação é um hobbie. Se não tiver nada para partilhar mais vale estar "calada", este não é o meu muro de lamentações, quem lê vê o melhor de mim. Nos últimos tempos interajo mais através da página do face do que aqui, o que é normal!

Mais... a minha vida não gira à volta do blogue mas este faz parte dela, (é uma frase feita) estou mais rica 😀 não monetariamente.

Grata por continuares desse lado a seguir! 

Beijos e abraços

💚🐑💛💜🌱💙💛🍨💜💙☕💚💚🍹💚💜🎂💜💚🌷💙💛🐾💙💚🎉💛💙💚💗💜💛💙 🍓💚💛🍨💜💙💛🍬🍸🎂💙💛🐑💚💛💜🐶


21 junho 2018

Notícias do jardim

Hoje chegou o Verão depois de uma noite de trovoada com alguma chuva, fora de tempo é certo mas, as plantas gostam desta rega 😉 sem químicos! 

Há cinco semanas que não vos dou notícias do jardim, está a ficar composto, neste momento as hortênsias são as rainhas! A cor tem intensificado, apliquei duas vezes o sulfato de alumínio para esse efeito, gosto de as ver com estes contrastes de cores na mesma planta, é uma das minhas plantas favoritas!

A primeira imagem é da minha varanda, não resisti ao encanto da alfazema e da gipsófila rosa, numa visita que fiz ao Natura Garden Center - Estrada de Vale do Lobo em Almancil, uma tentação... é impossível sair de mãos vazias😀! 
Os meus amores continuam a florir, plantei-os nesta floreira há sete meses. É a primeira vez que tenho amores perfeitos, são mais resistentes do que imaginei, vamos ver se suportam o calor do verão, água não pode faltar!
A minha Hoya - planta com flor de cera foi podada, apesar de não ter mudado o substrato, está linda de morrer carregada de flores! Tem novas hastes a crescer por cima da janela da sala, gosto dela assim menos densa!

As próximas imagens foram tiradas hoje no jardim. Como já referi, as hortênsias são neste momento as rainhas, a casinha de passarinhos foi uma reciclagem, encontrei-a um dia destes ao pé do lixo (lixo de uns tesouro de outros), 😉 tinha um poleiro em plástico vermelho e uma argola também de plástico em bege a forrar a entrada; retirei essas "peças" de plástico e dei-lhe um aspecto mais rústico, apliquei um óleo para conservar a madeira e com um pequeno galho fiz um poleiro. Mais uma para a colecção! 




Sementeira de girassol e de Cosmos, um pouco tardia... o tempo anda todo trocado pode ser que dê flores no final do Verão. 









19 junho 2018

"Meyas"

 Olá! Apesar do calor dos últimos dias, consegui tricotar este par de meias! 

Quando comecei a primeira meia demorei a habituar-me à espessura do fio e à espessura das agulhas, os últimos trabalhos que fiz foram com agulhas mais grossas; deixava cair malhas,  tive dificuldade na tensão do fio e pensava: Como é que eu tricotei tanto par de meias? É preciso ter uma boa dose de paciência e vontade de fazer... porque não é fácil 😁

Usei o fio Régia 4-fädig Mosaik Color que a minha amiga A. me ofereceu no Natal, foi adquirido em Londres. O fio Régia é dos meus favoritos para tricotar meias e este é muito giro com estes tons alegres, adorei o resultado!!! Para contrastar no calcanhar e na biqueira usei um fio liso.

O calcanhar segui as instruções do modelo "Meyas" criado pela Fabi (modelo gratuito disponível no ravelry).   

"Meias nunca são demais e estas são especiais!"

mais detalhes aqui:

29 maio 2018

Mais imagens da "Opteka"

Tirei mais algumas fotos à camisola para partilhar no ravelry e aqui, imagens com melhor definição 😉. Estou muito orgulhosa da minha "obra de arte", hoje fiquei super feliz por saber que a própria designer, gostou 😍!!!

O mérito é sem dúvida de quem criou o modelo, do fio que usei, (isso é meio caminho andado para o sucesso) e depois vem a execução. Vale a pena gastar um pouco mais e tricotar com fios mais interessantes, este ano optei por fazer menos trabalhos com melhores fios! 

A partilha das imagens no ravelry, tanto como as notas escritas por outras tricotadeiras, são uma preciosa ajuda na hora de tirar dúvidas. 

Estou em modo pausa, até ao próximo desafio!💜💙💚💚🐑 Bons tricots!!!