15 julho 2016

"Exploration Station" by Stephen West


Eis o resultado da interpretação das quatro páginas escritas pelo designer Stephen West, arranjei coragem para tricotar um projecto deste génio, um artista fora da caixa como eu aprecio!!!

Aprecio quem faz bem e diferente, quem tem a ousadia de ir mais além... tenho muito para aprender com este Senhor!

Um xaile semi-circular com um design arrojado, é um excelente projecto para quem quer evoluir e aprender novas técnicas. Desde as carreiras encurtadas, brioche, pontos texturados, acabamento I-cord, tudo isto e muito mais, é um projecto de dificuldade de execução média, com instruções em inglês sem esquemas, explicações exclusivamente através de abreviaturas. 

Escolhi este xaile para usar alguns dos fios que tingi com tons mais alegres. Uma cor escura como o preto, ou um cinza escuro teria realçado melhor em vez deste azul cinza, fazia um contraste maior nas riscas e acabamento; fica para o próximo porque é um modelo a repetir sem dúvida. 

usei agulhas circulares de 3,5 mm
fio merino espessura fingering: 200 gr = 880 mts
medidas: 160 cm de largura x 75 cm de altura
tempo de execução: 2 semanas aprox.

Cores únicas conseguidas através de: hibísco, açafrão, cereja, giesta, folhas de laranjeira, flores cor de laranja das Caldas de Monchique e beterraba.

Lãs com tons e Stephen West a combinação perfeita!












22 comentários:

  1. Fátima, mas que bela escolha ! E que belo xaile ! O S. West é sem duvida a vanguarda do tricot, eu nunca executei nada dele e também pelo facto de ter instruções algo dispendiosas... Os meus parabéns ;o)O bom de experimentar instruções de vários designers é o facto de aprendermos a executar outras variantes dentro do tricot, pouco usadas e muitas vezes com resultados estupendos. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há uns meses atrás não me passaria pela cabeça comprar as instruções online, de facto as instruções não são muito acessíveis mas se compararmos com a compra de uma revista que por vezes trás um ou outro trabalho que nos interessa... deixei de comprar revistas prefiro comprar os projectos acho que tem mais interesse e ocupa menos espaço cá em casa. Beijinhos e boa semana.

      Eliminar
    2. Também eu deixei de comprar revistas a partir do momento que comecei a perceber de instruções em inglês. O Ravelry é um mundo mas custa-me um bocado gastar mais de 5 euros para uma instrução... à uns anos só comprava a burda tricot, por exemplo, quando tinha mais de 3 peças que gostava, menos que isso não comprava e só tricotei uma camisola a partir dessa revista e tenho algumas revistas... Pelo ravelry controlo mais o impulso de comprar instruções e como existem tantas instruções gratuitas acabo por ter maior escolha ;o) Beijinho

      Eliminar
  2. Bom...eu adoro <3
    Cores quentes de verão <3
    Célia Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga, escolhi uma combinação de cores improvável.

      Eliminar

  3. Pelo início do xaile já sabia que o resultado ia ser muito bom.
    Os xailes anteriores são muito lindos, mas este é SOBERBO. A Fátima faz sempre escolhas arrojadas.
    Surpreenda!!!! O seu valor é enorme.
    Obrigada pela partilha. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando lhe mostrei o inicio do trabalho, falei-lhe num tom mais escuro para fazer maior contraste mas acabei por continuar com o azul, resultou num conjunto de tons pastel onde todas as cores sobressaem.

      Amiga eu é que agradeço a sua visita e comentário motivador.

      Beijinhos e boa semana!

      Eliminar
  4. Lindo!!As cores são magníficas!!
    Bjs :))

    ResponderEliminar
  5. Que maravilha! Ficou fantástico! Muitos parabéns pela coragem, pela ousadia, pela determinação, pelo bom gosto... não podias ter escolhido melhor matéria-prima (digo, a tua lã) para esta experiência. A-DO-REI!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lete, obrigada pela visita e pelo simpático comentário! Dizes bem, não podia ter escolhido melhor matéria-prima, o fio merino que uso nos tingimento resulta muito bem em xailes de tricot, este foi o 3º que fiz serviram para testar a espessura, a qualidade, a quantidade de fio por trabalho e para testar se o tingimento aprova, acho que passei no teste com nota elevada rsrsrsrsr.

      Eliminar
  6. Olá Fátima, gosto muito das cores... e também da flor de cera... por sinal a sua já deu flor, a minha ainda não, estou ansiosa...
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A flor de cera é uma planta lindíssima, a minha tem uns 6 anos dá flor todos os anos às vezes duas vezes no ano, está enorme! Não está maior porque tenho condicionado o crescimento! O sítio onde tem a planta pode influenciar o crescimento e a floração, a minha tem exposição solar na parte da tarde mas o vaso encontra-se à sombra. Gosta de água e adubo liquido, atenção pode aparecer um pulgão amarelo no inicio da floração e nos rebentos novos.

      Eliminar
  7. Verdadeiramente genial!! Continue a surpreender com os seus trabalhos. :)
    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  8. Olá Fatima, adoro, adoro, além de adorar os trabalhos do West, este então, acho este prefeito, e com as cores tingidas por si, ficou simplesmente maravilhoso. Tenho em vista o The Doodler, já cá tenho a receita, mas ainda não me atrevi 😊😊
    Boa semana, bjos doces

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lurdes, esse modelo também já andei a namorá-lo rsrsrsrsrs, é assimétrico e dá para usar algumas cores! O Senhor tem modelos fantásticos, gosto mais de uns do que de outros claro, usa fios espectaculares com cores maravilhosas o que enriquece os trabalhos mas usa pontos e combinação de pontos e padrões que são muito pessoais. Estou ansiosa para ver sair das tuas agulhas o xaile The Doodler de Stephen West!
      Boa semana e bons tricots!
      bjs

      Eliminar
  9. Sem palavras... está uma obra prima! Todo ele, o modelo, as cores... Lindo, lindo, lindo!

    ResponderEliminar